Mulher de 27 anos adotou uma adolescente de 18 anos. A jovem estava “aflita” por um novo lar

Embora a maioria das pessoas pense que são irmãs, na realidade é que Juliana, de 27 anos, é a mãe de Maria Eduarda, de 18 anos.

Juliana conheceu Duda, como gosta de chamá-la, em uma academia em Salvador, onde fazia aulas de artes marciais mistas. A adolescente luta profissionalmente. Embora agora sejam inseparáveis, sua história não começou de forma comum.

Instagram @biancamartinezfotografia

Maria Eduarda postou nas redes sociais que participaria de um torneio internacional de Jiu-Jitsu em Salvador e perguntou se alguém poderia ajudá-la.

Instagram @biancamartinezfotografia
Instagram @biancamartinezfotografia

Juliana viu a postagem e ofereceu a Duda um quarto em sua casa, mas a proposta não obteve sucesso. Depois de um tempo, a jovem confessou que estava “desesperada” para encontrar um novo lar e perguntou se ainda poderia morar com ela, segundo o Razões para Acreditar. Naquele momento, Juliana nem se lembrava mais do pedido que fez.

Razões para Acreditar

Juliana finalmente acolheu a adolescente em sua casa e foi então quando o relacionamento começou a mudar. Elas ficaram muito unidas e, sem perceber, Duda já chamava Juliana de mãe, e Juliana a chamava de filha. Até que um dia Juliana perguntou a Duda se ela realmente se sentia como sua filha. Duda disse que sim. Juliana então ligou para a mãe biológica de Maria Eduarda para oficializar a adoção. Ela ouviu a resposta “sim” e sua família estava pronta.

Instagram @biancamartinezfotografia
Instagram @biancamartinezfotografia

Desde então, elas vivem felizes juntas. A cumplicidade no olhar mostra o carinho eterno que elas têm uma pela outra.